O carnaval e o forte.

FORTE SANTA MARIA. UM ESPETÁCULO!

Diante de tantas polêmicas recentes envolvendo o carnaval na Barra por conta dos seus impactos negativos aos patrimônios culturais e ambientais, que tal  considerar  a própria folia como uma das  grandes responsáveis pela revitalização do bairro e suas potencialidades sócio culturais?

Uma festa tão grande que consegue movimentar milhões de dólares e tem uma projeção internacional sem precedentes é um excelente produto para promover algumas contrapartidas necessárias ao desenvolvimento sustentável de Salvador.

DA JANELA DO FORTE

Gostaria, por exemplo, que o Carnaval de 2011 fosse lembrado para sempre como aquele que se preocupou verdadeiramente com a qualidade de vida das pessoas da nossa cidade restaurando o Forte de Santa Maria no Porto da Barra. Esta medida seria um primeiro passo para aproveitar a milionária folia em favor de uma ação de interesse difuso, coletivo, que teria aproveitamento perene por esta e as futuras gerações.

O Forte Santa Maria é um patrimônio tombado pela União que se enquadra perfeitamente na redação do artigo 216 da Constituição Federal que fala dos Patrimônios Culturais Brasileiros, e que por este motivo simboliza um valor sem precedentes para o país.

O FORTE À NOITE

Gostaria de ver artistas, donos de camarotes, empresas patrocinadoras, blocos e todos aqueles que enchem as suas contas bancárias por conta da alegria efêmera dos foliões, que só fazem gastar, unidos para realizarem algo tão positivo.

Gostaria de ver o Carnaval como uma verdadeira ferramenta de transformação social capaz de ajudar a iniciativa pública a enfrentar os desafios da educação, da saúde e da cultura das pessoas. É possível acabar com a impressão de que este é um evento que apenas privatiza seus lucros e socializa seus prejuízos, a exemplo das imagens fortíssimas que foram exibidas após o Carnaval de 2010, com fundo do mar da praia da Barra repleto de latinhas de cerveja.

O FUNDO DA FOLIA

Tenho certeza que deixar esta obra tão necessária para a cidade é algo plenamente possível. Existem muitos artistas com criatividade e comprometimento verdadeiro com a cultura da nossa cidade que podem enxergar a maneira de realizar este feito.

Estou certo, também, que os grandes financiadores da folia poderão se sensibilizar com a causa ao perceberem que mais vale investir em um patrimônio desta grandeza do que continuar patrocinando a mesmice decadente de algumas iniciativas carnavalescas completamente insustentáveis.

PAISAGEM APRECIADA PELO MUNDO

O Forte Santa Maria restaurado poderá servir a diversas atividades educativas, culturais e de turismo permanentes. O Forte que encanta a Praia do Porto da Barra a ponto de projetá-la para o mundo como uma das mais belas entre todas, e que está agonizando à sua própria sorte, merece esta justa homenagem.

Fico na torcida aguardando que os Deuses, os Orixás e todas as outras formas de poder superior possam tocar no coração de alguém que seja do bem e que tenha o dom do convencimento para conseguir agregar pessoas influentes em torno deste projeto.

PORTO DA BARRA SEM IGUAL

Pessoas que possam perceber o alcance de uma ação verdadeiramente cultural como essa e que vai alcançar efeitos extremamente positivos, inclusive na educação da nossa gente.

Assim é que o carnaval poderá começar a se tornar um grande parceiro dos nossos patrimônios culturais e ambientais, saindo da condição de mero promotor de alegrias transitórias e de resultados culturalmente questionáveis, para assumir uma postura verdadeiramente comprometida com o desenvolvimento da própria cultura nacional.

O FORTE QUE O CARNAVAL VAI RESTAURAR

O mínimo que a Barra merece pelos castigos carnavalescos sofridos ao longo de tantos anos é uma contrapartida desse nível. O Carnaval e o Forte devem fazer as pazes por uma cidade melhor.

Pra começar a socializar os lucros da milionária folia em favor de um patrimônio cultural brasileiro tão importante.

16 thoughts on “O carnaval e o forte.

  1. Mais uma vez parabéns pela sua iniciativa, por aqui fico torcendo para que seu apelo seja atendido e que a Bahia, assim como os outros locais depredados pelos foliões, possam fazer as pazes…..Grande abraço!!!

  2. Tá valendo Bernardo, devagar acabaremos concientizando os políticos de boa vontade.”assim espero”… E o povo de boa fè.

  3. To colado Bonga conte comigo para continuar o trabalho.
    Vamos ver o que vai mudar depois do registro do carnaval de 2010.

  4. BONGA, ACHO PRUDENTE INICIAR O CARNAVAL DO PRÓXIMO ANO PROTEGENDO ESSES PONTOS TURÍSTICOS DOS VANDALOS E MIJÕES. UMA GRADE COM DISTANCIAMENTO JÁ SERIA UM BOM COMEÇO.
    BJS,
    JULY

  5. Uma boa! Pena que na cabeça da turma que faz o Carnaval, o que menos importa na folia é a existência destes pontos turísticos e seus verdadeiros significados como patrimônios culturais nacionais. Pergunte aos milhares e milhares de foliões que chegam a Salvador, e mesmo aqueles que moram por aqui, se conhecem um pouco da história do Farol da Barra ou do Forte Santa Maria. Mas o cara que canta o Lobo Mau vai te Comer todo mundo sabe rssss…Bj em todos aí. Bmussi

  6. Bernardo,
    Parabéns por tudo que tem feito.
    Eu sei qual é a sua sensação: Bradar no deserto!!
    É incrivel o que vemos aqui. Os monumentos, os patrimonios, a força de uma história maravilhosa, jogada fora, desprezada, jogada no lixo junto com tudo que o carnaval e outras festas de axé, arrocha, etc. promovem, e tem apoio.
    Muitas vezes penso: é o que o povo quer! Isto é um fato, mas se não houver quem lute e mostre o outro lado das coisas, então nunca vamos mudar, nunca teremos pelo menos um equilibrio justo entre os gostos, os valores, etc.
    A luta pelos saveiros foi assim. Estavam esquecidos, abandonados e a deriva. Se acabando um a um. Mais de 1.480 saveiros se acabaram!!! Nos últimos 100 anos. É um estudo que precisamos fazer, um levantamento a ser trabalhado, uma pesquisa para algum estudante de história fazer, etc. Agora, o rumo já é outro. O trabalho nosso tem frutificado, muitas coisas estão em curso. Houve um resgate da imagem, da história, da auto estima dos mestres de saveiros. Jornais, TVs e até TVs extrangeiras tem feito programas com os saveiros (2 européias ultimamente). Restaurações dos barcos estão sendo feitas, 4 já, e a 5a. em planejamento, etc.
    Enfim, tenho mesmo sonho seu em relação ao Forte. Acredito que possamos tornar isto uma realidade. Acredito que em todos os lugares existem %s (pequenos!!) de pessoas sensíveis e ligadas em nossos valores, tradição e história.
    Não acredito que neste carnaval vá acontecer alguma coisa (oficial ou empresarial). Os dados já foram jogados. Mas, pode-se pensar em algo da comunidade, da sociedade civil indignada!! Um alerta forte.
    E começar um trabalho em 2011 para reverter o quadro durante o ano.
    Abs
    Pedro

    • Amigo Pedro, realmente é uma luta quase nostálgica, porém, é uma batalha que nos apresenta um grande desafio capaz de mexer com sentimentos muito positivos. Buscar soluções para melhorar a qualidade de vida das pessoas através de ações em favor de interesses difusos e coletivos é algo que enobrece. Creio que esta inquietação natural e sincera que vem de dentro da alma nos ajuda a manter a cabeça sempre aberta para as grandes transformações do nosso mundo. Me sinto rejuvenecido por isso e talvez a busca intensa por alguns sonhos como este do projeto do Forte Santa Maria seja o melhor dos combustíveis para nos sentirmos prestativos, úteis e importantes para a nossa breve passagem nesta vida. E se os resultados não aparecerem, a glória pela tentativa já é o bastante para que o sentido da vida tenha ainda mais fundamento. Estamos juntos nessa caminhada e, aproveitando o ensejo, vamos lançar os Saveiros no Porto da Barra para colorir ainda mais o pôr do sol mais admirado de Salvador. Forte abço, Bernardo Mussi.

  7. Olá Bernardo, tudo bem? Sou jornalista da Band de São Paulo e queremos entrar em contato com você para fazermos uma matéria. Será que você pode me dar um retorno o quanto antes? Por e-mail (vanessa70@gmail.com) ou telefone: (11) 3866-3666 ramal 3612. Se for por e-mail me manda o seu telefone, ok?

    Agradeço a atenção

    Abraços

    Vanessa

  8. Parabéns, Bernardo! Esta é uma grande ideia, fruto de sua luta incessante pelo bem da natureza e do nosso bairro. Espero que os “mandantes e comandantes do carnaval” adotem uma postura cidadã, acatando seu apelo. Conte com meu apoio. Abraço, zbm

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s