Educação, saúde e segurança.

Devo estar morando em outro planeta. É assim que me sinto diante de tantas propagandas eleitoreiras que tenho visto por aí. Só coisas boas…

Fico pensando se o código de defesa do consumidor funcionasse para coibir as propagandas enganosas desta turma de candidatos políticos, seus marqueteiros e apadrinhados. Ia ser uma festa de indenizações para os eleitores.

Porque o que mais vemos e ouvimos por aí é candidato antipático fazendo caras e bocas de simpático, candidato racista tirando onda de bonzinho, candidato preguiçoso falando que vai trabalhar muito, candidato rico dizendo que vai cuidar dos pobres e candidato destruidor do meio ambiente tirando onda de ambientalista.

O nível do marketing das campanhas está de causar angustia. Todos sujando a cidade com seus santinhos, todos poluindo o visual das nossas paisagens com seus banners e balões, todos azucrinando nossa paz com seus carros de som nas alturas, todos promovendo verdadeiros engarrafamentos com suas carreatas e concentrações de campanha.

Com tantas irregularidades e ações impopulares imaginem o que farão eleitos.

É muito raro encontrar um candidato que não faça aquelas promessas de jargão e que tenha atitudes inovadoras, criativas e inteligentes em sua campanha. Aliás, se souberem de algum que tenha a coragem de se lançar na contra mão de todo este circo, me avisem, pois ainda não tenho candidato para deputados e senadores.

Defini apenas meu voto para Presidente da República e, a única dica que posso revelar, por uma questão de princípios, é que estou lá por baixo nas pesquisas, mas reagindo. Fiz esta escolha porque acho que o país precisa aproveitar os próximos anos com uma atitude diferente.

Explico. Não consigo entender como o Brasil avançou tanto na distribuição de renda aos pobres, tenha pagado sua divida externa, tenha alcançado índices positivos em diversos seguimentos da economia, ganhou projeção econômica internacional, mas, por outro lado, continua andando de ré quando o assunto é educação, saúde e segurança. Há projeção internacional positiva nestes seguimentos?

Sinceramente, pense se hoje você se sente mais seguro que ontem, se hoje você se sente mais amparado pelo SUS que ontem, e se hoje você já acredita no ensino público de qualidade?

Se sua resposta for positiva, diga-me os motivos pelos quais as famílias dos políticos ainda não usam o SUS e as escolas públicas? Diga-me também por que não confiam apenas na proteção das polícias tendo que contratar empresas de segurança privada?

Não consigo entender como um governo é capaz de criar o FOME ZERO e completamente incapaz de ao menos propor o SEGURANÇA 7, a SAÚDE 8 e a EDUCAÇÃO 10. Estas são questões tão vitais para qualquer nação como o próprio ar que respiramos. Precisamos de uma verdadeira “revolução” nestas áreas.

Alguma coisa está fora do eixo. O país que se gaba de dar comida, televisão e geladeira para o pobre, não consegue lhes ofertar segurança, saúde e educação de qualidade razoável. O desenvolvimento econômico tem sido prioridade em relação ao desenvolvimento social, o que é um pouco desumano.

Por isso acho que as campanhas eleitorais atuais com suas gastanças ostensivamente imorais têm muito a ver com a falta dos governos nas áreas da “revolução”. A busca por verbas para tais gastos parece ser algo tão obsessivo ao longo dos 4 anos que um político leva no cargo, que muitos deles acabam se rendendo às demandas politicamente mais rentáveis aos seus próprios interesses do que ao bem comum.

Campanhas eleitorais devem acontecer apenas nas televisões e nas rádios em condições muito semelhantes, pois o eleitor interessado no voto saberá onde buscar seu candidato.

Assim a farra do dinheiro de campanha e a covardia nas disputas entre quem tem mais e quem tem menos recursos para o marketing pode acabar. E de quebra seremos poupados da sujeira pelas ruas, da poluição visual, da bandalheira sonora e da confusão que estas ações de baixíssimo nível causam em nossas vidas.

Enquanto esse dia não chega, vamos sonhando alto e engrossando as fileiras em favor desta causa. E rezando para que apareça alguém diferente e com a reencarnação de alguma grande liderança da nossa história mundial, capaz de realizar esta proeza tão nobre, tão humana e tão fácil, antes que seja tarde demais.

Por um país mais educado, saudável e seguro, vamos à “revolução”. Sem campanhas pirotécnicas e financeiramente humilhantes aos nossos olhos, e sem descuidar do meio ambiente, por favor…

13 thoughts on “Educação, saúde e segurança.

  1. Oportuno falar dsse tema. Ontem na Record aconteceu o debate dos Presidenciáveis. Serra perdido e espantado paraecendo cego em tiroteio sem plano algum, Dilma emntindo falando, eu, eu e eu vou fazer no meu governo escorada em Lula, Marina apresentando seu palnejamento estratéjico. Serra e Dilma bem parecidos nos discursos, ou seja, muita fuga da verdade sem posições concretas. É Marina, bem posicionada em relação a educação e o meio ambiente, a “revolução” é por ai. Tô com ela.

    • Moralesssssss…O debate foi uma onda rsssssss…. Tá difícil escolher um, porém, sou MARININHA PAZ E AMOR desde criancinha…Acho uma via alternativa e bem ligada naquilo que muito me toca que é a questão ambiental. Abço, BMussi

  2. Realmente as coisas nao estáo boas fico pensando que o sistema esta doente e que o remedio para esta doença esta para ser descoberto. Acho que um partido com candidatos e pessoas realmente a fim de encarar de frente esta robalheira toda que esta por ai.
    Gente do bem….

  3. Bong. Parabéns pelo alcance do seu entendimento das coisas simples que muitas vezes passam batidas por nós.
    A cada texto seu me sinto um pouco mais aliviada como se mais um grito me saisse pela garganta.
    Valeuuuuu!!!!!!

  4. O fim da política ocorre com a marketilização escatológica dos próprios políticos. Retrato de uma moral corrompida pelo resultado prático do que o poder eleitoral oferece em recompensa através da corrupção. O sistema eleitoral no país está podre e as instituições políticas refletem isso.

    Claudio ‘ ‘ ‘

    • Grande Cláudio! Ouvi um comentário de um amigo muito irritado com esta politicália que aí está convocando todos os aspirantes a políticos nesta estrutura que aí está para fazerem carreira em Brasilia onde os partidos políticos se tornaram verdadeiras máfias impregnadas no cerebro do país. Já viu vc ter que alterar sua linha de governo, sua ética, sua moral e sua própria história para ter que atender interesses partidários? É duro. Mas vamos sohando e questionando para ver se conseguimos influenciar, ao menos, as pessoas em nosso meio…. Forte abraço, Bmussi

  5. Primo
    Achei brilhante sua colocação. Veja se consegue que seu pai não vote no candidato que deve prosseguir com tudo isso!!!!!
    Abraço.
    Paulo Cesar

    • Rsssssss… O velho anda muito no interior, onde o bicho pega de verdade e aí a realidade destas áreas não conspira nem um pouco para nenhum outro candidato. Aliás, neste momento estou no norte da Bahia em alguna municípios muito pobres que deixaram de ser miseráveis por conta do tal presidente Lula. É difícil esta turma acreditar em outra linha de governo…
      Vamos ver…Bj em todos aí….BMussi

  6. BONGA, TENHO CERTEZA QUE O POVO ESTÁ COMEÇANDO A ENXERGAR ESSA POLITICÁLIA TIRANOSSAURA DO ¨PÃO E CIRCO¨. FOMOS PARA O 2 TURNO, GRAÇAS ÀQUELA NORTISTA, PEQUENINA, QUE USA BATON DE BETERRABA E FALA SOBRE O USO SUSTENTÁVEL DO MEIO AMBIENTE. TEMOS QUE TENTAR MOBILIZAR AS PESSOAS, PRINCIPALMENTE AÍ DE CIMA, PARA TIRARMOS ESSES PETISTAS DO PODER. VALEU PELA LEITURA DO SEU BLOG – UM GRANDE BEIJO,
    JULY

  7. haha eu ia passar o carro por cima de uma placa com a cara de algum deputado na epoca uhauhauah
    mas o carro é baixo fiquei com medo de arranhar a pintura uhauhuaha
    concordo plenamente com vc, mas vamos lá né
    essa galera que tá no poder, que sempre se reelege não é besta: sabe muito bem que o voto do “povao” é muito maior que o da classe media mais instruida (os normais que nao tem ligacao com eles) entao se eles derem educação e começar a surgir um pensamento critico entre o povo OBVIAMENTE nao irão mais se reeleger pra continuar fingindo que fazem alguma coisa =p
    é meio frustrante ver essa politica vitalicia e hereditaria que nos temos
    achei o blog pelo post do lixo no fundo do mar e se antes com barraca ja era daquele jeito agora sem acho que vai piorar ainda mais

    bj

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s