Início > Uncategorized > O LIXÃO PRECISA DE MÚSICA!

O LIXÃO PRECISA DE MÚSICA!

Praia do PÔRCO da Barra.

Fim de tarde após Travessia MarG/SSA - jan.2010

Recentemente Salvador foi destaque como a cidade que possui as praias mais sujas do país. Isso não é novidade… O que realmente causa espanto é a falta total de qualquer articulação dos meios de comunicação, políticos, órgãos públicos, empresas de publicidade e nossos artistas para tentar reverter este quadro que causou estragos significativos no orgulho e no brio de quem vive nesta cidade.

Não se pode acreditar que baianos que possuem o poder de influenciar nossa gente e nossos visitantes a melhorarem suas atitudes em nossas praias, não estejam aproveitando a época de tantas festas para, ao menos, promover campanhas educativas. Porque o que tem gerado o lixão, muito mais que a leniência do poder público, é a falta de educação generalizada das pessoas.

O lixo é produto em sua maioria do consumo de bebidas e comidas. Seria ideal que a cada 10 metros de praia houvesse uma cesta de lixo ou que o próprio ambulante que leva o produto até a praia providenciasse o seu destino adequado. Mas está difícil de acontecer. Por este motivo o ideal é que cada consumidor guarde seu lixo para levá-lo consigo até o local ideal para descarte. Estou certo que ainda no entorno da praia haverá uma cesta ou um container coletor.

O que não dá é para continuar largando o lixão pelas praias por puro comodismo ou falta de orientação.

Bem que nossos artistas poderiam ajudar. Já que eles possuem o condão de levar multidões ao delírio ordenando a beijação generalizada, o “rebolation”, o “vou te comer” e altas coreografias pra lá de excêntricas, imagino que fazer a galera melhorar suas atitudes com o lixo nas praias vai ser moleza. Podem até compor músicas com aqueles refrões marcantes e coreografias empolgantes só que tratando de uma causa muito nobre como a educação. É disso que o país necessita!

Assim também deveria estar se comportando a mídia. Matérias regulares sobre a gravidade do problema e a necessidade de se mudar alguns hábitos tinham que ser uma constante pelos vários veículos de comunicação de massa.

Poderiam ainda nossas agências de publicidade aproveitar o bom gancho para alinharem a adoção da causa à divulgação de serviços e produtos dos seus clientes mais exigentes.

Até nossos políticos que adoram se aproveitar de situações desta natureza para ganhar visibilidade estão boiando.

Restam nossos incansáveis ativistas de ONGs e outros grupos alternativos. Estes sim, vi diversas manifestações criativas e muito interessantes…

Mas não dá para comparar o poder que estes grupos têm para mudar o comportamento das pessoas aqui em Salvador, ainda mais em época de carnaval, com artistas do peso de Ivete Sangalo, Daniela Mercury, Chiclete com Banana, OLODUM e tantos outros que possuem a mídia nacional e internacional a seus pés.

Daí a enorme responsabilidade destas estrelas da musica com o problema. Acredito que como se dizem baianos de verdade, e isso não deve ser apenas jogada de marketing, eles também tiveram o orgulho e a auto estima feridos pela notícia do lixão nas praias. Baiano que é baiano ficou envergonhado! O sentimento é que somos todos igualmente sem educação e adeptos do lixão…

Particularmente, muito indignado, tenho retirado latas, copos, garrafas, palitos de churrasquinho, queijinho e camarão quase que diariamente em meus mergulhos na praia do Porto da Barra. Sou uma formiguinha ferida pela estatística em desfavor da minha cidade e minha gente fazendo a minha parte, inclusive escrevendo este artigo.

Pena que não tenha o poder de influenciar multidões com minha voz desafinada, minha imagem sem estilo, minha escrita prolixa e total falta de acesso a trios elétricos, programas na TV, jornais, Outdoors, camarotes e grandes shows…

Estou certo, entretanto, que no universo de tantos artistas influentes alguns estejam com a baianidade igualmente ferida e o orgulho vergonhosamente abalado. Por isso devo acreditar na possibilidade de ver tais artistas aproveitando a oportunidades de grandes concentrações populares e muita visibilidade na mídia para divulgar esta indignação de uma maneira impactante, educativa e, porque não, lucrativa, o que é muito justo.

O que não falta é competência, criatividade e inteligência nessa turma!

Resta saber se a ação pela educação contra o lixão começará neste verão. Vai aí uma rima que pode até dar música…

About these ads
Categories: Uncategorized
  1. Augusto Carvalho
    15/02/2010 às 12:57 AM | #1

    Tio Bonga, iniciou bem a comunicação internauta.
    Triste ver praias reconhecidas internacionalmente chegarem a esse nível. Um contraste enorme de um por-do-sol com tanto plástico. Em relação as letras das músicas que estão na boca do povo representa outra poluição dessa humanidade sem noção. Quem sabe os mesmos que poluem com plásticos são os mesmos que valorizam essa baixaria. O que podemos fazer é não esperar nada dessas pessoas e trabalharmos a outra parte com a CONCIÊNCIA COLOTIVA. Aloha de seu sobrinho de água salgada.

    ps. nao me leve a mal te chamar de tio! heheh Gutinho

    • 15/02/2010 às 1:18 AM | #2

      Claro que considero meu sobrinho! Ainda mais com ideias positivas e agua salgada no sangue. Abço,
      BMussi

  2. João Nova
    16/02/2010 às 3:15 PM | #3

    Bonga, meu rei, não posso fazer alguns comentários acerca do nosso comportamento sem adentrar na Ciência Espírita. Pois é, esta ciência ensina, dentre um universo de coisas, que muitos de nós estamos reencarnando na Terra em últimas oportunidades de crescimento. O planeta está passando por uma mudança de vibração magnética já há algum tempo e muitos seres estão tendo últimas chances de nele permanecer. Aqueles que não conseguirem um nível frquencial energético não poderão permanecer por aqui. Deverão reencarnar em mundos inferiores para, além de recomeçarem, proporcionarem meios de crescimnto para as populações que ali se encontram. Bem sei que isso é difícil de acreditar e até mesmo risível, mas quantos não foram aqueles que também riram quando alguém falou que poderia viajar numa máquina que podia voar?
    Vamos, como você já o faz, fazer a nossa parte.
    João Nova.

    • 17/02/2010 às 6:29 PM | #4

      Amigo João, claro que acredito no aperfeiçoamento espiritual das pessoas e na provação a que somos submetidos a cada dia. É por isso que tento compartilhar minhas “inquietações” a respeito dos temas aqui postados. Por vezes tenho cada ideia que mais paece um sonho. Mas vou viajando! Forte abço e quando quiser marcar o SUP, é só mandar…

  3. Carlos Moraes
    16/02/2010 às 11:07 PM | #5

    Bonita atitude de civilidade mestre! Bom exemplo! Pra isto que servem os líderes. Parabéns pelo BLOG. Sucesso! Sou um soldadinho ao seu lado. Todos juntos moveremos tudo. ALOHA!

    • 17/02/2010 às 6:31 PM | #6

      Amigo Carlãaaooooo…Que bom tê-lo no blog. Fique a vontade para emitir suas preciosas opiniões. Forte abço, BMussi

  4. regina martinelli serra
    10/03/2010 às 7:06 PM | #7

    caro Bernardo,
    recebi seu trabalho através de pessoas bem diferentes. Valeu. Só de sair na capa dA Tarde já é um começo.Acredito que a orla, principalmente este trecho Porto/Farol é uma jóia que está sendo desprezada pelos nossos gestores permitindo e incentivando shows e num lugar que não é palco. Basta a praia, a mais bela de Salvador. Vamos deixá-la somente para o banho de mar. Conte comigo para brigar por esta causa.

    • 11/03/2010 às 12:54 AM | #8

      Esse é o ponto. Não precisamos de evento nenhum para ver aquilo que já é um excepcional show!
      Valeu e vamos em frente…
      BMussi

  1. 24/03/2010 às 5:43 PM | #1
  2. 26/03/2010 às 3:36 PM | #2
  3. 02/12/2010 às 3:18 PM | #3

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: